15.1.18

#13&counting

Fotografia | Isabel Saldanha Fotografia
Lx Factory - Lisboa, Junho de 2017


Começámos a namorar há - precisamente  - 13 anos. 
Começámos a namorar no dia em que nos conhecemos. 
Um mês depois estávamos - praticamente - a viver juntos. 
Três meses depois decidimos casar. Easy, right?!
Tinha tudo para correr mal! Mal nos conhecíamos, éramos uns miúdos, vivíamos em "mundos" opostos. A verdade é que os opostos convergiram, os astros alinharam-se e lá casámos (acho que no próprio dia, ainda havia quem não acreditasse que ia acontecer!) 
No entanto, estes #13 nem sempre foram "um mar de rosas".
Casamentos perfeitos? Não conheço nenhum!!
Tivemos muitas vezes de costas voltadas. Andámos longe. Andámos ao sabor do vento. Andámos cada um por si. Sorrimos menos nesses períodos, discutimos (todos os casais discutem, não é?), fizemos as pazes, voltámos a andar às avessas, desencontrámo-nos no tempo, voltámos a encontrar-nos nele. Chorámos. Sorrimos. Seguimos em frente.
Chorámos e demos gargalhadas maduras e com o peso da responsabilidade do que construímos. 
Fomos pais. Duas vezes pais. 
Nascemos de novo. Duas vezes. 
Renovámos - 10 anos depois - os votos de casamento e renovámos juntos a esperança em dias melhores. 
O amor evolui. Amadurece. Ganha rugas e cabelos brancos. Tal como nós.
Seja o que for que a vida e o futuro nos reserve, que nunca nos falte o sorriso nem o espírito de equipa, companheirismo e entreajuda que tanto nos caracteriza.
Somos uma verdadeira equipa e sempre ouvi dizer que "em equipa vencedora, não se mexe".
Um beijo 
M.

9.1.18

PrettyFit by Mafalda Antunes





Não fiz resoluções de Ano Novo (como sabem!), mas há uma coisa que para mim é imperativo em 2018...
Cuidar mais de mim e fazer mais coisas de que gosto. Seja ler, dançar, estar com amigos ou fazer exercício, qualquer coisa serve para me sentir melhor no novo Ano.
Gostar do que vemos ao espelho é essencial ao nosso bem estar físico e psicológico. Começar por nos sentirmos bem com corpo que temos é “meio caminho andado” para uma vida mais bonita, menos stressada e mais saudável.
Hoje partilho um post escrito em parceria com a PrettyFit by Mafalda Antunes.
Conheço a Mafalda há muitos anos e a verdade é que sempre admirei a sua capacidade de se manter activa durante (e depois) da gravidez das suas filhas queridas.
Eu fiz pilates durante as minhas gestações, mas a Mafalda vai muitoooo mais longe...

Querem saber porquê? Aqui vai!
“A Mafalda Antunes é uma Personal Trainer absolutamente apaixonada pelo seu trabalho, que transmite uma energia contagiante. É impossível ficar indiferente à forma entusiasta como fala do fitness, da nutrição e do bem-estar físico. A sua missão é clara: ajudar pessoas a serem mais felizes com o seu corpo. É isso que a move e faz feliz.
Após concluir a sua licenciatura em Ciências de Desporto, optou por especializar-se em fitness e sempre trabalhou nesta área. Aos 36 anos, é a fundadora de um projeto de sucesso criado em 2015. O PrettyFit by Mafalda Antunes é um conceito de fitness que gere em conjunto com o marido, e que oferece acompanhamento pré e pós parto, planos de emagrecimento e treinos personalizados.
Embora o trabalho desempenhe um papel importante na sua vida, privilegia os momentos e as atividades em família. A Mafalda já é mãe de duas meninas, e prepara-se para dar as boas-vindas a mais dois bebés: a Beatriz e a Carolina. Em Janeiro de 2018, passarão a ser uma feliz família de seis.
Mulher, mãe e empreendedora inspiradora, para quem a honestidade, a força de estar apaixonada em tudo aquilo que faz, o amor e a cumplicidade são valores maiores.”

E esta hein???
Duas filhas lindas e grávida de gémeas é obra!!
Uma grávida que não pára. Uma grávida que é sem dúvida um exemplo a seguir.

Há por aqui grávidas que nos queiram contar o que andam a fazer para o vosso bem estar (e dos vossos bebés)?

Este post, escrito a par com a Mafalda, leva-me a concordar que se nos apaixonarmos realmente pelo que somos agora, sem ses, sem mas, sem porquês, vamos seguramente ser mais felizes no futuro.

Sigam a Mafalda aqui no instagram e aqui no facebook

Mafalda, 
Obrigada pelas tuas palavras!!!
Parabéns pelo teu projecto. 
És um verdadeiro exemplo!!
Um Beijo
M.




HAPPY NEW ME!
Ontem no meu final de dia alguém me disse que a tinha marcado com esta frase que disse um dia… O único sítio onde vivemos é o nosso corpo.
De facto, revejo-me muito nestas palavras e senti de forma genuína que podem ser muito poderosas ao ponto de marcar alguém a quem um dia as disse em conversa ligeira e agradável.
Isto fez-me pensar nas vezes que sou abordada por pessoas que estão tristes ou insatisfeitas com o seu corpo, que vivem presas e marcadas por esse sentimento diário tão intenso e condicionador do seu comportamento.
E… em início de Ano Novo, época de maior pré-disposição para estabelecer novas metas, objectivos ou resoluções, gostava de vos dizer, do fundo do coração, algo bom, verdadeiro e muito útil!
Cria uma visão de ti própria de como te queres sentir em 2018.
Como queres viver a tua vida com aqueles que te rodeiam, que sentimentos queres ter em relação a ti própria, ao teu corpo, ao teu bem-estar e aos que te rodeiam.
Põe de lado a comparação.
Imagina como te irás sentir a cumprir todas as tuas intenções, com uma mente, corpo e alma saudáveis, enquanto te divertes e aproveitas TUA vida!
Não entres em 2018 em guerra com teu corpo.
Começa por te apaixonar pelo que tens agora, de modo a que consigas gostar de ti o suficiente para ouvires o teu corpo e viveres o estilo de vida saudável que queres para ti. Assim vais conseguir estar livre para te envolveres totalmente em tudo o que em 2018 queres viver.
Feliz Ano Novo!
Mafalda Antunes
#letsbeprettyfit #gravidaprettyfit

8.1.18

Hoje é o dia (e estou feliz!)

Fotografia | M

Decidi, ainda em 2017, voltar a dançar Sevilhanas, mas acabei por ir adiando, adiando, adiando até que a semana passada enchi -me de coragem e marquei a aula.
 Aprendi a dançar há muitos anos e não pratico há outros tantos! 
Será que ainda tenho andamento??!!
 Dançar é libertador. acalma. Descontrai. Eleva os pensamentos. Distrai. 
 Não gosto de ginásio (apesar de ter feito ginástica de competição até aos 17 anos) e cansam-me desportos com pouca actividade pelo que dançar Sevilhanas parece-me perfeito para o que preciso neste momento!
 Hoje serei eu, os meus sapatos de Sevilhana com mais de 20 anos e muita vontade de (re) começar a fazer algo por mim.
 “Um dia volto a dançar Sevilhanas!”
 Hoje é o dia (e estou feliz!).
Um beijo
 M.


Design, coding and theme by Ana Garcês.
Copyright © As Memórias da M